segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Conversa de bispo com Deus

Por Fred Melo Paiva
Senhor, aqui é o bispo, marido da bispa. Se me permite, dirijo-me a Ti, aqui de Miami, para uma conversa franca - de homem para homem. Não precisa jogar na minha cara que o Senhor é Deus. Eu sei disso, seu velho barbudo, e vem daí a minha revolta: por que pegas tanto no meu pé? Dediquei 23 anos da minha vida a divulgar seus ensinamentos. Em troca, o Senhor, todo cheio de maiúsculas, apenas me diminui, impondo-me toda a sorte de percalços e derrotas. Primeiro foi aquela história do dinheiro quando íamos, eu e a bispa, para os Estados Unidos. Uma bobagem, US$ 56 mil e uns trocados, não se faz nada com isso hoje em dia... Mas o Senhor ficou nervoso porque nós escondemos a bufunfa dentro da Bíblia. Que coisa mais infantil. Eu esperava do Senhor pelo menos uma outra postura, que viesse conversar com a gente, que chamasse na chincha. Mas não: o Senhor preferiu que pegássemos 140 dias de cadeia, cinco meses de prisão domiciliar. Fora as ações judiciais que correm no Brasil e o Senhor não faz nada. Agora mesmo, por que impediste meu fiel mais valoroso de se transferir para o Manchester City, onde ganharia R$ 58 milhões por ano em vez de R$ 28 milhões (descontados os dízimos da Igreja)? Sem falar do sumiço, um a um, dos meus cavalos de R$ 300 mil bloqueados pela Justiça. Não venha me olhar desse jeito que eu não tenho nada com isso, Você sabe. Eu acho que o lance do Senhor é me espezinhar. Qualé, tá pensando que eu sou Jó? Sai do meu pé, parece uma tornozeleira! Veja esse episódio do teto da igreja, que para mim foi a gota d?água. Por que, diante de tantos telhados localizados naquela quadra do Cambuci, não apontaste o dedo para as lojas de confecções baratas, suas vitrines com lingeries e moda GG, suas ofertas de tops a R$ 10,99 e escarpins a R$ 49,90? Por que não escolheste o almoço por quilo dois números abaixo do templo, com sua televisão de cachorro escorrendo porcamente gordura de frango? Por que não destelhaste a loja de duendes de durepox, elefantes indianos, bruxas, quadros de Krishna, livros de "Filosofia Oculta" e pirâmides - a empestear a rua com seu incenso cancerígeno? Ah, seu sósia do Karl Marx, por que apontaste o indicador logo para o meu telhado, construído com amianto tóxico e sem registro no Crea? Pergunto a Ti, Pai de Lúcifer: para construir o mundo, teria o Senhor registro no Crea? Por que, Senhor, diante de tantos telhados, não miraste a cobertura da "Depilação Corporal" localizada na lateral da quadra, eliminando suas promessas de drenagens linfáticas, lipoesculturas, vácuos de modelagens e nutrição facial? Já disse e repito, pelo sangue de Jesus: esmagarei com os calcanhares a cabeça do Satanás. Para aplicar este novo golpe, o Senhor precisa largar do meu pé.

Fonte: O Estado de São Paulo, 26/01/09, pág. C8.

5 comentários:

Anônimo disse...

o pior é q se não falou, pensou.
ah pensou...

joão ali

Cathia Black disse...

Que materia infeliz....não sou da igreja renascer mas fiquei horrorizada com a falta de respeito desse jornalista para com Deus.

Carlos Eduardo Pereira disse...

Olá Cathia, obrigado por visitar o blog. De fato o jornalista não demonstrou nenhum respeito para com Deus e acho mesmo que, no que depender do tipo de notícia que os evangélicos costumam dar, vai continuar assim.
Abs.

Lion of Zion disse...

Não foi desrespeito com Deus, afinal ele fez uma alusão ao que se passa na cabeça dos Hernandes e com muita propriedade afinal.

Quem trata Deus com desrespeito não são os jornalistas, mas sim que dá noticia para eles.

Lion of Zion disse...

Visite meu blog.

Seu texto e o link do seu blog está por lá.

Abraço!